293 - Doença cardíaca isquémica Flashcards Preview

Cardio - 2017 KI > 293 - Doença cardíaca isquémica > Flashcards

Flashcards in 293 - Doença cardíaca isquémica Deck (168)
Loading flashcards...
31

Na avaliação da angina estável, a prova de esforço deve ser interrompida em que situações?

- Desconforto torácico
- Dispneia
- Tonturas
- Fraqueza
- Infradesnivelamento ST superior a 0,2mV (2mm)
- Queda da PAS superior a 10 mmHg
- Taquiarritmia ventricular

32

Na avaliação da angina estável, que sinais indicam mau prognóstico na prova de esforço?

- Falha em aumentar ou diminuir PA com sinais de isquemia durante a prova
- Angina e/ou depressão severa do ST (superior a 0,2 mV) a baixas cargas de exercicio (antes de completar estadio II do protocolo de Bruce)
- Infra-desnivelamento ST que persiste por mais de 5 minutos após término do exercício.

33

Na prova de esforço para avaliação da angina estável, quais são as alterações isquemicas e não isquemicas?

- Isquemicas: infra ST >0,1mV, horizontal ou descente, com duração >0.08s.
- Não isquemicas: infra ST ascendente ou ST juncional, anomalias onda T, distúrbios da condução, arritmias ventriculares, prova de esforço negativa em que não se atinge a FC alvo.

34

Qual a percentagem de falsos positivos e negativos na prova de esforço?

33%.

35

Na prova de esforço o que pode resultar em teste falso negativo?

Doença obstrutiva limitada à artéria circunflexa, uma vez que a parede lateral do coração é mal avaliada no ECG.

36

Qual o valor preditivo positivo e sensibilidade da prova de esforço?

VPP: 98% (homens com >50 anos com historia de angina de peito e que desenvolvem desconforto torácico durante a prova);

Sensibilidade: 75%
VPN: um teste negativo não exclui doença coronária. No entanto, torna extremamente improvável a presença de doença de 3 vasos ou do tronco comum

37

Quais são as indicações para teste stress farmacológico IV em vez de exercício?

- Doença vascular periférica;
- Doença muscular e esquelética;
- Dispneia de esforço;
- Descondicionamento.

38

Ecocardiograma de stress e imagiologia de perfusão miocárdica de stress são menos sensíveis que a prova de esforço com ECG para o diagnóstico de DCI. V ou F?

Falso. São MAIS sensíveis.

39

Quais são os principais factores de prognóstico na DCI?

- Idade
- Função do VE
- Localização e gravidade das estenoses
- Gravidade ou actividade isquemia miocárdica.

40

No tratamento da angina estável quase sempre é necessário o uso de estatinas. Que impacto têm estas a nível percentual no LDL, HDL e triglicerídeos.

LDL: reduzem 25 a 50%;
HDL: aumentam 5-9%;
Triglicerideos: reduzem 5-30%

41

A estatina tem um efeito poderoso na aterosclerose, DCI e prognóstico, independentemente dos níveis de LDL. V ou F?

Verdadeiro.

42

Os anti-dislipidemicos têm maior beneficio em homens e idosos do que em mulheres, diabéticos e fumadores. V ou F?

Falso. Beneficio igual em todos.

43

No tratamento da angina estável, os beta-bloqueantes diminuem as necessidades de oxigénio principalmente durante o exercício. V ou F?

Verdadeiro.

Têm apenas um pequeno efeito durante o repouso.

44

Os beta-bloqueantes diminuem a mortalidade mas não a taxa de re-infarte após EAM. V ou F?

Falso. Diminuem também a taxa de re-infarte após EAM.

45

Quais são as contra-indicações relativas, no uso de beta-bloqueantes?

- Asma
- Doença pulmonar crónica com obstrução reversível
- Distúrbio da condução AV
- Bradcardia severa
- Fenomeno de Raynaud
- História de depressão

46

No tratamento da angina estável, a eficácia dos BB é superior aos BCC. V ou F?

Falso. A eficácia é igual, estando os BCC indicados quando os BB são contra-indicados, mal tolerados, ineficazes.

47

A angina de Prinzmetal responde particularmente bem a BCC, especialmente dihidropiridinas. V ou F?

Verdadeiro.

Devem ser evitados BB na angina de Prinzmetal.

48

1) Verapamil mais BB = contra-indicado. V ou F?
2) Diltiazem mais BB = contraindicado. V ou F?
3) Amlodipina mais BB = complementares. V ou F?
4) Dihidropiridinas de curta duração devem ser evitadas. V ou F?

1) V
2) Falso. Podem ser combinados com função ventricular normal e sem alterações da condução
3) V
4) V

49

À semelhança dos BB, os BCC aumentam a sobrevida após EAM. V ou F?

Falso.

Não aumentam. Desta forma o beta bloqueador é preferido na angina+ Lesão VE

50

A aspirina deve ser considerada em TODOS os doentes com DCI na ausência de hemorragia GI, alergia ou dispepsia. V ou F?

Verdadeiro.

51

O clopidogrel apresenta benefícios semelhantes à aspirina em doentes com DCI crónica, podendo substitui-la se efeitos adversos a esta. V ou F?

Verdadeiro.

52

A associaçao aspirina e clopidogrel não tem benificios na DCI crónica estável. V ou F?

Verdadeiro.

53

Na DCI, em que situações são mais benéficos os IECAS?

- DCI com risco aumentado, especialmente se DM e disfunção VE.
- Ausência de controlo da PA e LDL apesar do tratamento com BB e estatinas.

54

Os AINES devem ser evitados na DCI. V ou F?

Verdadeiro. Se necessários, co-administrar aspirina e usar um AINE com menor risco de eventos CV.

55

ICC associada a angina tem mau prognóstico, não sendo no entanto necessário considerar cateterismo cardíaco e revascularização coronária. V ou F?

Falso. Considerar seriamente!

56

A revascularização coronária é indicada na DCI em que situações?

- Fases instáveis da DCI
- Sintomas intratáveis
- Isquemia grave ou anatomia coronária de alto risco
- DM
- Disfunção do VE

57

Estenose do tronco comum ou doença de 3 vasos (especialmente se associada a DM e/ou diminuição da FE) são melhor tratadas com ICP ou CABG?

CABG.

A ICP é mais usada em estenose de 1 ou 2 vasos, ainda que possa ser utilizada em casos selecionadas de doença do tronco comum e obstrução de 3 vasos.

58

A ICP não pode ser utilizada em enxertos de bypass após angina recorrente, devendo recorrer-se ao CABG. V ou F?

Falso. Pode ser utilizada em enxertos bypass.

59

Qual a indicação mais comum de ICP na angina estável?

Angina de peito incapacitante apesar do tratamento médico, acompanhada de evidência de isquémia durante um teste de stress.

60

Na angina estável, a ICP é mais eficaz que o tratamento médico no alívio da angina. V ou F?

Verdadeiro.