137 - Amiloidose Flashcards Preview

H01 > 137 - Amiloidose > Flashcards

Flashcards in 137 - Amiloidose Deck (88):
1

A deposição das fibrilhas de amilóide na amiloidose faz-se no interior ou exterior das células?

Deposição EXTRACELULAR

2

Qual é a conformação que as fibrilhas amilóides adquirem na amiloidose?

Conformação em folha beta-pregueada , numa direcção anti paralela.

3

A amiloidose Aβ2M ocorre em que doentes?

Doentes com doença renal terminal a realizar diálise há vários anos.

4

A amiloidose AL encontra-se relacionada com que patologias?

A AL tem origem em clones de células B e com doença dos plasmócitos, relacionando-se com o linfoma não-Hodgkin, macroglobulinémia de Wallenstrom ou mieloma múltiplo.

5

Qual é a causa da amiloidose familiar?

Mutação da transtirretina, a proteína transportadora da hormona da tiroide e “retinol-biding protein”.

6

A amiloidose secundária é constituída por que proteína?

É constituída pela proteína de fase aguda, amilóide A (AA)

7

Qual é a principal forma de amiloidose localizada?

Aβ - Doença de Alzheimer

8

Qual é o tecido onde é mais fácil encontrar depósitos de amilóide?

Gordura, onde a biópsia permite resultados positivos em mais de 80% dos casos.

9

Qual é a cor que os depósitos de beta amilóide exibem quando corados com o Vermelho do Congo?

- Birefringência verde-maçã na microscopia luz polarizada quando corados com vermelho de Congo.
- As restantes proteínas normais(por ex. Colagéneo) apresentam-se brancas nestas condições

10

Quais são as alterações associadas com o envolvimento glomerular na amiloidose?

Proteinúria, muitas vezes nefrótica. Esta pode levar a hipoalbuminémia grave, com menos de 2g/dL.

11

Qual é o tipo de hipertrofia ventricular condicionada pela cardiomiopatia amilóide?

Hipertrofia ventricular concêntrica, condicionando a função diastólica.

12

Verdadeiro ou falso.

Os doentes com cardiomiopatia amilóide têm valores de BNP, NT-BNP e troponina elevados.

Verdadeiro.

13

Qual é o tipo de aglomerado amilóide que parece estar mais associado com lesão celular?

Aglomerados oligoméricos - parecem ser os mais tóxicos

14

Qual é a valia clínica que os biomarcadores cardíacos têm na amiloidose?

Permitem fazer uma avaliação da actividade da doença, estadiamento e prognosticação.

15

Verdadeiro ou falso.

Os valores de biomarcadores de remodelação cardíaca encontram-se normais nos doentes com cardiomiopatia amilóide.

Falso.

Recentemente foi descrito um AUMENTO dos níveis plasmáticos de biomarcadores de remodelação cardíaca (Metaloproteinases da matriz, e Inibidores teciduais das metaloproteinases) nos doentes com Cardiomiopatia Amilóide

16

Num doente com amiloidose com envolvimento hepático, quais são os achados bioquímicos expectáveis?

Aumento da fosfatase alcalina, com níveis minimamente aumentados de transaminases e de síntese hepática normal.

17

Qual é a amiloidose mais comum nos EUA?

AL

18

Qual é a incidência de AL nos EUA?

4,5 por cada 100 000

19

Verdadeiro ou falso.

Os depósitos de amilóide encontram-se amplamente distribuídos pelo interstício de qualquer órgão, incluindo o interior do SNC.

Falso.

Os depósitos de amilóide estão amplamente distribuídos pelo interstício de qualquer órgão FORA do SNC.

20

De que é que são compostas as fibrilhas de amilóide na AL?

De cadeias leves de imunoglobulinas monoclonais INTACTAS - 23 kDa, bem como de fragmentos das mesmas

21

Embora se possam encontrar fibrilhas de cadeias kappa e lambda, quais são as mais frequentemente encontradas na AL?

- Cadeias lambda. O subtipo lambda 6 parece ter uma propriedade estrutural única que favorece a formação das fibrilhas, frequentemente no rim

22

Qual é o órgão mais afectado pela AL?

Rim - afectado em 70-80% dos doentes.

23

O que acontece caso a deposição de fibrilhas não se dê a nível glomerular, mas sim a nível intersticial?

Azotémia sem proteinúria significativa.

24

Qual é o 2º órgão mais afectado pela AL?

Coração - 50-60% de doentes afectados.

25

Qual é a principal causa de morte na AL?

Doença cardíaca, por envolvimento cardíaco pelas fibrilhas amilóides.

26

Qual é o padrão electrocardiográfico típico da AL?

Diminuição da voltagem das derivações dos membros, com um padrão de pseudo-enfarte.

27

Verdadeiro ou falso.

A contração auricular costuma estar comprometida na AL, mas apenas quando em fibrilhação auricular.

Falso.

A contração auricular costuma estar comprometida na AL, MESMO quando em RITMO SINUSAL

28

Verdadeiro ou falso.

É possível ver um realce de contraste característico no epicárdio na RM com injecção de gadolínio de um doente com AL.

Falso.

É possível ver um realce de contraste característico no SUBENDOCÁRIDO na RM com injecção de gadolínio de um doente com AL.

29

Verdadeiro ou falso.

O baço raramente encontra-se envolvido na AL.

Falso.

O baço encontra-se FREQUENTEMENTE envolvido na AL.

30

Quais são os achados patgnomónicos da AL?

- Macroglossia - 10%
- Equimoses peri-orbitárias ("racoon-eye") - mas incomum

31

Qual é a percentagem de doentes com AL que tem macroglossia?

10%

32

Quais são as causas por detrás dos olhos em guaxinim na AL?

Depósito de amilóide nos capilares

Deficiência do factor X (ligado à subs amilóide)

Estes fenómenos fisiopatológicos levam à formação de hematomas com facilidade e a equimoses cutâneas.

33

Qual é a utilidade da electroforese de proteínas séricas ou electroforese das proteínas urinárias na avaliação de um doente com AL?

A eletroforese de proteínas séricas e a eletroforese de proteínas na urina NÃO são testes de triagem úteis, já que as cadeias leves monoclonais não se encontram em quantidades suficientes para surgir um componente M na electroforese ou proteinúria de Bence Jones.

34

Qual é a % dos doentes com AL que têm imunoglobulina monoclonal no soro ou urina que pode ser identificada através de electroforese por imunofixação ou Nefelometria?

Mais de 90%.

35

Existe aumento do número de plasmócitos na MO de um doente com AL?

Sim - constituindo 5-30% das células nucleadas da MO.

>90% dos doentes com AL há este aumento de plasmócitos na MO.

36

Qual é a sobrevida mediana sem tratamento da AL?

- 1 a 2 anos após o diagnóstico.
- Se disfunção cardíaca ou arritmias devido ao envolvimento amilóide, a sobrevida mediana sem tratamento reduz-se para 6 meses.

37

Qual é o esquema terapêutico utilizado nos doentes com AL que apresenta melhor taxa de resposta completa?

Melfalano de alta dose seguido de transplante autólogo de células estaminais hematopoiéticas - respostas completas em cerca de 40% dos doentes.

38

A duração das remissões é maior ou menor nos doentes com AL vs doentes com mieloma múltiplo?

É maior nos doentes com AL, com alguns doentes a manterem-se em remissão após 15 anos sem tratamento adicional.

39

Qual é a percentagem de doentes que tem indicação para o esquema melfalano em alta dose + transplante autólogo?

Apenas metade dos doentes.

40

Verdadeiro ou falso

A diminuição do factor de coagulação X por adsorção pelas fibrilhas de amilóide é comum nos doentes com AL.

Falso.

A diminuição do factor de coagulação X por adsorção pelas fibrilhas de amilóide é POUCO COMUM nos doentes com AL, ocorrendo apenas em 5-10% dos doentes.

41

Verdadeiro ou falso.

Os IECAs devem ser usados na síndrome nefrótica dos doentes com AL, uma vez que foi comprovado que atrasam a progressão da doença renal.

Falso.

Os IECAs devem ser usados COM PRECAUÇÃO na síndrome nefrótica dos doentes com AL, uma vez que NÃO foi comprovado que atrasem a progressão da doença renal.

42

Quais são os fármacos com CI-relativa no tratamento da ICC na cardiomiopatia amilóide?

- BCC
- BB
- Digitálicos

Podem interferir com as fibrilhas amilóide e produzir um bloqueio completo e piorar a ICC.

43

Qual é o tratamento eficaz utilizado para o controlo da FA na AL?

Ablação auricular.

44

Verdadeiro ou falso.

Os doentes com AL apenas têm indicação para anticoagulação caso a disfunção contrátil auricular condicionada pela AL se acompanhe de FA.

Falso.

A existência de disfunção contráctil auricular na AL é uma indicação para ANTICOAGULAÇÃO, MESMO SEM FA.

45

Qual é o agente utilizado para tratar a hipotensão condicionada pela neuropatia autonómica da AL?

A midodrina, um alfa agonista.

46

Verdadeiro ou falso.

O tratamento sistémico encontra-se recomendado para o tratamento da AL localizada.

Falso.

Na doença localizada, o tratamento sistémico para a AL NÃO se encontra indicado. Deve ser feito tratamento com intervenção cirúrgica ou com radioterapia de baixa dose.

47

Qual é a única forma de amiloidose sistémica que ocorre em crianças?

Amiloidose AA ou amiloidose secundária.

48

Verdadeiro ou falso.

A amiloidose AA é frequente nos doentes com patologias inflamatórias ou infecções crónicas nos EUA e Europa.

Falso.

Embora a amiloidose AA ocorra secundariamente a doenças inflamatórias e infecciosas crónicas, esta é POUCO FREQUENTE nos EUA e Europa, ocorrendo em menos de 2% dos doentes com este tipo de doença.

49

Qual é o primeiro órgão a ser envolvido pela amiloidose AA?

Rim

50

Onde é sintetizada a SAA?

No fígado, sendo depois transportada no plasma por uma lipoproteína de elevada densidade (HDL3).

51

Verdadeiro ou falso.

As infecções podem provocar uma deposição de AA mais rápida que as doenças inflamatórias crónicas.

Verdadeiro.

52

Qual é o fármaco utilizado no tratamento da amoloidose AA associada à febre mediterrânea familiar?

Colchicina. Este fármaco não tem sido útil, no entanto, noutras causas de amiloidose AA ou noutros tipos de amiloidose.

53

Qual é o mecanismo de acção do eprodisato?

Agente específico para as fibrilhas, que interfere com a interação entre as fibrilhas AA e os glicosaminoglicanos e previne a formação de fibrilhas.

54

A amiloidose familiar associa-se a que tipo de transmissão hereditária? Idade de inicio?

- Transmissão autossómica dominante.
- Inicio na meia idade

55

Qual é a variante da proteína TTR que pode estar presente em até 4% da população Afroamericana?

V122I - associada a inicio tardio de amiloidose cardiaca

56

Qual é a percentagem de doentes com mais de 80 anos que na autópsia têm ATTRwt no coração?

25%

57

Quais são os dois principais tipos de apresentação da doença na amiloidose ATTR?

- Síndrome de Polineuropatia amiloidótica familiar
- Cardiomiopatia amiloidótica familiar

58

Quais são as características da polineuropatia na amiloidose ATTR?

Neuropatia periférica, geralmente, começa como uma neuropatia sensório-motora, de pequenas fibras, dos membros inferiores e depois progride para as extremidades superiores.

Também há o desenvolvimento de uma neuropatia autonómica com alterações GI e hipotensão ortostática.

59

Verdadeiro ou falso.

Os doentes com ATTR V30M costumam ter um electrocardiograma normal.

Verdadeiro.

No entanto, estes doentes podem desenvolver defeitos da condução mais tarde na doença.

60

Qual é a mutação mais comum da TTR?

TTR V30M

61

Qual é o achado patognomónico da amiloidose ATTR?

Opacidades vítreas

62

Qual é o exame diagnóstico standard para o diagnóstico da ATTR e da AF?

Sequenciação ADN.

63

Qual é a sobrevida sem tratamento após diagnóstico de ATTR?

5 a 15 anos.

64

Verdadeiro ou falso.

O transplante hepático na ATTR permite a reversão da neuropatia sensorimotora.

Falso.

O transplante hepático na ATTR NÃO permite a reversão da neuropatia sensorimotora.

No entanto, permite ATRASAR a progressão da doença e AUMENTA a sobrevida.

65

A que é que é atribuída a progressão da ATTR após transplante hepático?

É atribuído à deposição de “wild type” TTR em depósitos fibrilares iniciados pela forma mutante da proteína.

66

Qual é a fase limitante da ATTR?

É a dissociação de tetrâmeros de TTR em monómeros, com subsequente misfolding e agregação.

67

Verdadeiro ou falso.

O diflunisal está associado a uma redução da progressão da polineuropatia.

Verdadeiro.

68

Quais são as diferenças que os doentes heterozigotos para a mutação TTR T119M têm na sua manifestação da doença?

1) maiores níveis sanguíneos de TTR;

2) incidência reduzida de doença cerebrovascular

3) sobrevida aumentada em cerca de 5-10 anos em comparação com os doentes com falta deste gene

69

Qual é normalmente a primeira manifestação clínica da Aβ2M?

Síndrome do túnel cárpico

70

Qual é a via de excreção da β2-Microglobulina?

Renal

71

Para além do síndrome do túnel cárpico, que outras manifestações clínicas caracterizam a Aβ2M?

- Derrame articular persistente

- Espondiloartropatia

- Lesões ósseas quísticas

72

Quais são algumas das características do derrame articular presente na Aβ2M?

Envolvimento bilateral

Afecta grandes articulações (ombros, joelhos, punhos e anca)

O líquido sinovial é não-inflamatório

73

Qual é a terapêutica para a Aβ2M?

Não existe terapêutica específica para a Aβ2M, mas a cessação da diálise após transplante renal pode levar a melhorias sintomáticas.

74

Os biomarcadores cardíacos podem ser usados para estadiamento da doença, prognóstico e actividade da doença na amiloidose AL. V/F?

V
Falsos aumentos ocorrem na IR

75

Doentes com albumina inferior a 2g/dL geralmente têm edema dos MI's ou anasarca. V/F?

V

76

De que maneira se pode identificar o tipo de amilóide?

- Imunohistoquímica
- Microscopia imunoelectrónica
- Espectrofotometria de massa
- Sequenciação génica

77

A amiloidose AL geralmente ocorre em individuos > __ anos e frequentemente rapidamente progressiva e fatal se não tratada

>40 anos

78

Na Amiloidose AL são comuns sintomas inespecificos, como fadiga e perda de peso. V/F?

V

79

Doentes com amiloidose cardíaca estão em risco de desenvolvimento de trombos auricular e AVC. V/F?

V
Hipocontractilidade auricular mesmo em ritmo sinusal

80

Em 5-10% dos doentes com amiloidose AL ocorre diátese hemorrágica por deficiência do factor X. V/F?

V
Liga-se a fibrilhas amiloides

81

Na amiloidose AL é essencial examinar o racio kappa/lamba assim como a quantidade absoluta de cadeiras leves. V/F?

V
Ja que a IR diminui a clearance de cadeias leves

82

A presença de uma proteína sérica monoclonal é diagnóstica de amiloidose. V/F?

Falso
Não é por si só

83

A amiloidose A pode ocorrer e, associação com quase todos os estados inflamatórios crónicos ou infeções crónicas. V/F?

V

84

A amiloidose A raramente causa cardiomiopatia. V/F?

V

85

Na amiloidose A o eprosidato atrasa a progressão da doença renal. V/F?

V

86

Doentes com amiloidose AF com a mutção TTR V30M podem desenvolver defeitos da condução numa fase precoce da doença. V/F?

Falso
Fase tardia

87

Doentes com amiloidose AF com a mutação T60A tem espessamento cardíaco semelhante a amiloidose AL mas a IC é menos comum e apresenta melhor prognóstico. V/F?

V

88

A amiloidose AA pode ocorrer sem qualquer doença subjacente identificável. V/F?

V.