280 - Insuficiência Cardíaca: Management Flashcards Preview

Cardio - 2017 KI > 280 - Insuficiência Cardíaca: Management > Flashcards

Flashcards in 280 - Insuficiência Cardíaca: Management Deck (136)
Loading flashcards...
91

Quais são as alterações ventilatórias do sono que podem estar presentes na IC?

• SAOS;

• Apneia Central do Sono;

• Respiração Cheyne-Stokes.

92

V ou F

O tratamento com CPAP nocturno nos doentes com SAOS e IC está associado a melhoria Ventilação, FEj VE, prova marcha 6-min, dados estes que suportam a utilização do CPAP como abordagem modificadora de doença

F

O tratamento com CPAP nocturno nos doentes com SAOS e IC está associado a melhoria Ventilação, FEj VE, prova marcha 6-min, MAS ESTES dados NÃO suportam a utilização do CPAP como abordagem modificadora de doença

93

V ou F

A anemia na IC está associada a uma redução do status funcional, qualidade de vida, bem como com aumento das admissões hospitalares e mortalidade.

V

94

Em que situações é que a anemia na IC é mais comum?

- Idosos
- Estádios avançados IC com FEj reduzida
- IR
- Mulheres
- Afroamericanos

95

Quais são os mecanismos por detrás da anemia na IC?

• Défice de Fe2+;

• Desregulação metabolismo do Fe;

• Hemorragia digestiva oculta

96

Que terapêutica é a indicada para a correcção da anemia nos doentes com IC? Que terapêutica tem apresentado resultados decepcionantes?

A Sucrose/carboximaltose de Fe tem demonstrado corrigir a anemia e melhorar a capacidade funcional

Já os análogos da eritropoietina não se têm revelados eficazes, não melhorando os outcomes clínicos nos doentes com IC sistólica

97

Qual é a prevalência da depressão na IC com FEj reduzida?

20%

98

A depressão na IC com FEj reduzida encontra-se associada a:

- Má QdV
- Estadio funcional limitado
- Aumento do risco morbi-mortalidade

99

Qual é o efeito dos antidepressivos na IC com FEj reduzida?

• Podem melhorar depressão;

• Promovem saúde vascular;

• Diminuem inflamação sistémica.

100

As arritmias auriculares são um marcador de _____ (pior/melhor) prognóstico na IC

As arritmias auriculares são um marcador de PIOR prognóstico na IC

101

Quais são os únicos antiarrítmicos que se demonstraram seguros e eficazes na IC?

Amiodarona e dofetilide

No entanto, estes agentes não alteram a história natural da doença

102

A dromedarona na IC está associada a uma diminuição da mortalidade. V ou F?

Falso.

a um AUMENTO.

103

V ou F

A ablação por cateter e isolamento de veias pulmonares é um procedimento seguro e eficaz e compara-se favoravelmente com a ablação NAV + pacing biventricular.

V

104

Qual é a associação mais importante no que toca à extensão da dessincronia na IC?

QRS alargado, em especial se estivermos na presença de um padrão de BRE

105

Quais são as vantagens da terapêutica de ressincronizção cardíaca?

– Melhoria da capacidade de exercício;

– Diminuição dos sintomas;

– Evidência de reversão do remodeling

106

V ou F

A vantagem da TRC apenas se verifica nos doentes com IC com FEj reduzida avançada

F

A vantagem da TRC verifica-se mesmo nos doentes com IC com FEj reduzida minimamente sintomática (conclusão do estudo RAFT e MADIT-CRT)

107

Quais são os doentes com IC com FEj minimamente sintomática que mais beneficiam da TRC?

Doentes com QRS >149 ms e BCRE.

108

Quais são as situações nas quais existe incerteza quanto aos benefícios da TRC?

- ICAD
- BCRD
- FA
- Cicatriz parede lateral (que é a posição onde é colocado o CRT)

109

A morte súbita cardíaca (MSC) é a causa de morte de aproximadamente ________ (1/4; 1/2; 1/3) dos doentes com IC

A morte súbita cardíaca (MSC) é a causa de morte de aproximadamente 1/2 dos doentes com IC

Este risco é particularmente prevalente nos doentes com IC em estadio inicial

110

Os doentes que sobrevivem um episódio de MSC são classificados como sendo de muito __________ (elevado/baixo) risco _______ e têm indicação para colocação de um ____

Os doentes que sobrevivem um episódio de MSC são classificados como sendo de muito ELEVADO RISCO e têm indicação para colocação de um CDI

111

Quais são os marcadores mais importantes para estratificação do risco benéfico de implantação de CDI?

– FEj VE inferior ou igual 35% sob terapêutica médica óptima;

– Etiologia subjacente (pós-EAM ou cardiopatia isquémica)

112

Quais são os doentes com IC que têm indicação para colocação profilática de ICD?

- IC classe NYHA II-III + FEj VE inferior a 35%, independentemente da etiologia;

– EAM + tratamento médico óptimo + FEj VE inferior ou igual a 30%, mesmo se assintomáticos;

– Se cumprir critérios QRS para CRT -> implantação CRT-D

113

A MSC nos doentes com IC é geralmente devida a doença ventricular ____________ (direita/esquerda) e não devida a uma __________ focal

A MSC nos doentes com IC é geralmente devida a doença ventricular ESQUERDA e não devida a uma ARRITMIA focal

Excepção: doentes com IC pós EAM

114

Quando é que a intervenção para prevenção de MSC é mais bem sucedida?

Nas fases iniciais da IC, já que a MSC enquanto causa de morte é menos significativa e vai diminuindo na doença avançada do que na doença precoce

115

Não existe benefício na implantação de CDI no espaço de __ dias após um EAM, a não ser por prevenção secundária

Não existe benefício na implantação de CDI no espaço de 40 dias após um EAM, a não ser por prevenção secundária

116

A CABG é mais robustamente suportado em doentes com angina + insuficiência ventricular esquerda. V ou F?

V

117

V ou F

O CABG nos doentes com insuficiência ventricular esquerda na ausência de angina permanece controverso

V

118

Em que é que consiste o miocárdio hibernante?

Tecido miocárdico com função anormal mas função celular mantida que pode recuperar pós revascularização

119

O CABG é considerado em doentes com CM isquémica e _________________.

Doença arterial coronária multivasos

120

V ou F

Uma das conclusões do estudo STICH foi que a determinação de o doente ter miocárdio hibernante ou não é irrelevante para a eficácia do CABG nos doentes com IC, nem ajudou a definir uma população que não beneficia do CABG mesmo que a hibernação não esteja presente

V