295 - Enfarte agudo do miocárdio com Supra-ST Flashcards Preview

Cardio - 2017 KI > 295 - Enfarte agudo do miocárdio com Supra-ST > Flashcards

Flashcards in 295 - Enfarte agudo do miocárdio com Supra-ST Deck (214)
Loading flashcards...
61

No EAM c/ST que complicações podem ser detectadas e quantificadas com o ecodoppler?

Ruptura do septo interventricuar e insuficiência mitral.

62

No EAM c/ST, na cintigrafia com radionucleotidos, os marcadores de perfusão distribuem-se proporcionalmente ao fluxo sanguíneo, concentrando-se no miócardio necrosado. V ou F?

Falso.

No EAM c/ST, na cintigrafia com radionucleotidos, os marcadores de perfusão distribuem-se proporcionalmente ao fluxo sanguíneo, concentrando-se no miócardio VIÁVEL.

63

Na RM Cardiaca a utilização de gadolineo realça as zonas de enfarte. V ou F?

Verdadeiro. No miocárdio saudável não se verifica realce.

64

2 tipos de complicações definem o prognóstico no EAM c/ST. Quais são?

- Complicações mecânicas;
- Complicações elétricas

65

No EAM c/ST a maioria das mortes pré-hospitalares é por fibrilhação ventricular súbita. V ou F?

Verdadeiro. Destes, maioria nas primeiras 24h e destes mais de 50% na 1ª hora.

66

Quais são as contra-indicações aos nitratos?

- Hipotensão (PAS inferior 90mmHg);
- Suspeita de EAM do Ventrículo Direito;
- Uso de Sildenafil (Inibidor Fosfodiesterase5) nas últimas 24/48h.

67

A hipotensão súbita e profunda que poderá ser provocada pelos nitratos reverte com atropina IV. V ou F?

Verdadeiro.

68

Quais os efeitos adversos da morfina?

- Vasodilatação arterial e venosa (diminuindo débito e PA);
- Efieito vagotónico (bradicardia e bloqueio AV)
- Náuseas/diaforese.

69

Os BCC podem ser úteis no EAM c/ST. V ou F?

Falso. Não existe evidência de beneficio e as dihidropiridinas de curta ação podem estar associadas a aumento de mortalidade.

70

Os glicocorticóides e AINES devem ser evitados no doente com EAM com ST. V ou F?

Verdadeiro.

71

A ICP é igualmente eficaz à fibrinólise. V ou F?

Falso. A ICP é mais eficaz que a fibrinólise com melhores resultados a curto e longo prazo.

72

A ICP é preferivel à fibrinólise em que situações?

- Diagnóstico duvidoso
- Choque cardiogénico
- Alto risco de hemorragia
- Sintomas com mais de 2-3h

73

Que escala avalia o sucesso da fibrinólise?

TIMI grading system:
- 0 (sem perfusão);
- 1 (perfusão ligeira);
- 2 (Perfusão normal c/ fluxo lento);
- 3 (Perfusão e fluxo normal – leva a diminuição da extensão do enfarte, diminuição da disfunção VE e diminuição mortalidade a curto e longo prazo)

74

A estreptoquinase não deve ser utilizada se usada há mais de 5 dias e há menos de 1 ano. V ou F?

Falsa. A estreptoquinase não deve ser utilizada se usada há mais de 5 dias e há menos de 2 anos.

75

Em que situações deve ser feita ICP de resgate (pós fibrinólise)?

1) Insucesso de reperfusão com fibrinolise
2) Reoclusão da artéria coronária pós-fibrinólise

76

O AAS reduz o risco relativo de morte em ___% no EAM c/ST.

27%.

77

A associação AAS + Clopidogrel reduz o risco de morte, reenfarte e AVC, não evitando contudo a reoclusão de coronária pós-fibrinólise. V ou F?

A associação AAS + Clopidogrel reduz o risco de morte, reenfarte e AVC, evitando também a reoclusão de coronária pós-fibrinólise.

78

No EAM c/ST, em que situações está aumentando o risco de tromboembolismo e como deve ser feita a profilaxia?

- EAM da parede anterior
- Disfunçao grave do VE
- IC
- História de embolia
- Trombo mural no ECO
- FA

Profilaxia com HNF ou HBPM durante internamento, seguida de varfarina por 3 meses no domicilio.

79

Nos doentes submetidos a fibrinólise, os BB não diminuem a mortalidade. V ou F?

Verdadeiro. Apesar de diminuírem reenfarte e FV.

80

Em que condições deve ser considerado o antagonismo da aldosterona?

Doses terapêuticas de IECA + FE VE inferior a 40% + ICC sintomática ou DM.

81

No EAM c/ST o magnésio deve ser sempre pesquisado e corrigido. V ou F?

Verdadeiro.

82

Se FE VE inferior a 40% devem ser iniciados IECAs ou ARAs independentemente da presença clínica de ICC. V ou F?

Verdadeiro.

83

Qual a principal causa de morte hospital de EAM c/ST?

Falência da bomba.

84

A pressão venosa central é um bom indicador para a reposição de volume no EAM c/ST. V ou F?

Falso. É um indicador INADEQUADO pois reflete o enchimento do VD, e é normalmente a função do VE que está mais afetada.

85

Qual o nível de pressão de enchimento ideal do VE?

20 mmHg.

86

No enfarte do VD raramente surge supra-ST nas derivações direitas nas primeiras 24h. V ou F?

Falso. No enfarte do VD ondas supra-ST estão frequentemente presentes nas primeiras 24h. Particularmente em V4R!

87

Qual a terapêutica no enfarte do VD?

- Expansão volume (otimização pré-carga)
- Correção função do VE (diminuição da pressão nos capilares pulmonares).

88

Quase todos os doentes com EAM c/ST tem ESV esporádicas e raras que não precisam de terapêutica. V ou F?

Verdadeiro.

89

O tratamento profilático antiarritmico não está indicado, podendo mesmo aumentar a mortalidade se feito. V ou F?

Verdadeiro.

90

Os BB suprimem ESV. V ou F?

Verdadeiro.

Também são eficazes na prevenção da FV