295 - Enfarte agudo do miocárdio com Supra-ST Flashcards Preview

Cardio - 2017 KI > 295 - Enfarte agudo do miocárdio com Supra-ST > Flashcards

Flashcards in 295 - Enfarte agudo do miocárdio com Supra-ST Deck (214)
Loading flashcards...
91

Quais as abordagens nas TV e FV com e sem repercussão hemodinâmica?

Sem repercussão hemodinâmica:
- 1ª linha: amiodarona ou procainamida IV
- 2ª linha: cardioversão elétrica

Com repercussão hemodinâmica:
- 1ª linha: cardioversão elétrica (se refractário - epinefrina ou amiodarona antes de novo choque)

92

Qual é o prognóstico na FV primária vs FV/TV secundária?

- FV primária (nas primeiras 48h e causada pelo processo isquémico, não associada a factores predisponentes): bom prognóstico;
- FV/TV secundária (após 48h e secundária a falência da bomba): mau prognóstico. Estes doentes devem ser considerados para estudo electrofisiológico e implantação de CDI

93

Ritmo idioventricular acelarado ocorre espontaneamente ou em associação com ICP. V ou F?

Falso. Ritmo idioventricular acelarado ocorre espontaneamente ou em associação com fibrinólise.

94

Qual a arritimia supraventricular mais comum no EAM c/ST?

Taquicardia Sinusal.

Flutter/FA também são comuns (normalmente secundárias à insuficiência do VE)

95

O ritmo juncional acelerado está relacionado com EAM anterior. V ou F?

Falso. EAM infero-posterior.

96

O prognóstico do BAV no EAM anterior é melhor que no BAV por EAM ínfero-posterior. V ou F?

Falso. O prognóstico do BAV no EAM anterior é PIOR que no BAV por EAM ínfero-posterior (este último é transitório).

97

A colocação de pacemaker permanente parece reduzir o risco de MS por bradiarritmias a longo prazo em que indivíduos?

Doentes com bloqueio bifascicular persistente com BAV de 3º grau transitório na fase aguda.

98

Um episódio de angina recorrente após EAM c/ST está associado a um aumento de ___ vezes na mortalidade, estando indicada ICP imediata (fibrinolise como alternativa).

Um episódio de angina recorrente após EAM c/ST está associado a um aumento de 3 vezes na mortalidade, estando indicada ICP imediata (fibrinolise como alternativa).

99

Pericardite pode ser uma complicação de EAM c/ST. V ou F?

Verdadeiro. Sobretudo quando EAM envolve o epicárdio.

Dor de pericardite irradia para o trapézio.

100

O tromboembolismo complica o EAM c/ST em ___% dos casos e contribui para a morte em ___%.

O tromboembolismo complica o EAM c/ST em 10% dos casos e contribui para a morte em 25%.

101

O tromboembolismo está mais associado a EAM extenso da parede lateral esquerda. V ou F?

Falso. Parede anterior.

Também se encontra associado a IC e trombos do VE detectados através de ecografia

102

O ecocardiograma mostra trombos no VE em ____ (fração) dos doentes com EAM da parede anterior.

O ecocardiograma mostra trombos no VE em 1/3 dos doentes com EAM da parede anterior.

103

Trombo no VE ou anormalidade da cinética da parede ventricular justificam anticoagulação por 6-12 meses. V ou F?

Falso. 3 a 6 meses.

104

V ou F

Doentes com múltiplos factores de risco coronários e com AI incluem-se nos doentes com um risco elevado de desenvolver STEMI

V

105

A dor do EAM STEMI é semelhante à da angina de peito, mas normalmente ocorre em __________ (atividade/repouso), é _______ (mais menos) grave e dura _________ (mais/menos) tempo.

A dor do EAM STEMI é semelhante à da angina de peito, mas normalmente ocorre em REPOUSO, é mais GRAVE e dura mais TEMPO

106

V ou F

A dor do STEMI pode irradiar até à área occipital, mas não abaixo do umbigo

V

107

V ou F

Caso a dor do STEMI se inicie durante esforço físico, normalmente não diminui com a cessação da atividade, ao contrário da angina de peito

V

108

A combinação de dor subesternal persistindo durante mais de __ minutos e diaforese é fortemente sugestiva de STEMI

30 minutos

109

V ou F

Uma minoria dos doentes que se apresenta inicialmente sem elevação do segmento ST pode desenvolver um enfarte com onda Q

V

110

Quais são os testes laboratoriais de valor na confirmação diagnóstica do STEMI?

- ECG
- Biomarcadores cardíacos
- Exames de I magem
- Índices não específicos de necrose e -- inflamação teciduais

111

Para o diagnóstico de EAM é necessário uma ____________ e/ou ________________ dos valores dos biomarcadores com pelo menos um valor acima do percentil ___ do limite superior do valor de referência para um indivíduo normal

Para o diagnóstico de EAM é necessário uma ELEVAÇÃO e/ou DIMINUIÇÃO dos valores dos biomarcadores com pelo menos um valor acima do percentil 99 do limite superior do valor de referência para um indivíduo normal

112

V ou F

O padrão temporal da libertação do biomarcador de necrose miocárdica não tem importância diagnóstica

F

O padrão temporal da libertação do biomarcador de necrose miocárdica tem importância diagnóstica

113

Com a melhoria da capacidade de detecção das troponinas, actualmente consegue-se detetar níveis inferiores a __ ng/L em doentes sem isquémia

1 ng/L

114

Quais são os biomarcadores preferidos para o diagnóstico de EAM?

Troponinas cardíacas

115

Existe uma importante limitação no que toca à utilização do CK como biomarcador cardíaco. Qual é?

Falta de especifidade para o STEMI, já que a CK pode estar elevada com doença do músculo esquelético ou trama, incluindo injeção intramuscular

116

Em doentes com EAM “clássico” que têm necrose suficiente para aumentar os níveis de CKMB, os níveis de troponina aumentam até ___ a ___ vezes acima do limite superior do valor de referência (P99)

Em doentes com EAM “clássico” que têm necrose suficiente para aumentar os níveis de CKMB, os níveis de troponina aumentam até 20 a 50 vezes acima do limite superior do valor de referência (P99)

117

V ou F

A cintigrafia de perfusão miocárdica revela um defeito nas primeiras horas após um enfarte transmural na maioria dos doentes

V

118

V ou F

As técnicas de medicina nuclear são menos utilizadas que o ecocardiograma, por serem mais trabalhosas e por apresentarem sensibilidade e especificidade baixas em muitas situações clínicas

V

119

V ou F

A cintigrafia de perfusão é extremamente sensível e consegue distinguir enfartes agudos de cicatrizes crónicas, sendo assim específica para o diagnóstico de EAM agudo

F

A cintigrafia de perfusão é extremamente sensível, MAS NÃO consegue distinguir enfartes agudos de cicatrizes crónicas, sendo assim NÃO específica para o diagnóstico de EAM agudo

120

V ou F

A ventriculografia com radionuclídeo geralmente revela distúrbios da motilidade da parede e redução da fração de ejecção ventricular nos doentes com EAM

V