295 - Enfarte agudo do miocárdio com Supra-ST Flashcards Preview

Cardio - 2017 KI > 295 - Enfarte agudo do miocárdio com Supra-ST > Flashcards

Flashcards in 295 - Enfarte agudo do miocárdio com Supra-ST Deck (214)
Loading flashcards...
121

V ou F

A ventriculografia com radionuclídeo é não especifica para o diagnóstico de EAM, já que muitas anormalidades cardíacas alteram esta técnica

V

122

Quais são os principais objectivos de tempo na resposta a um STEMI?

Início sintomas – resposta doente inferior a 5 min

Resposta doente – porta Hospital inferior a 30 min

Porta Hospital - Agulha inferior a 30 min

Porta Hospital - Balão inferior a 90 min

Tempo Isquémico TOTAL inferior a 120 min

123

V ou F

A aspirina é essencial no tratamento dos doentes com suspeição de STEMI, mas apenas é eficaz neste subtipo do espectro de SCA

F

A aspirina é essencial no tratamento dos doentes com suspeição de STEMI, sendo eficaz em TODO O espectro de SCA

124

V ou F

A oxigenioterapia tem pouco ou nenhum benefício clínico num doente com um valor de O2 normal

V

125

Caso seja necessária oxigenoterapia num doente com STEMI, esta deverá ser feita com O2 a __-__ L/min durante as primeiras __-__h após um EAM, devendo o doente ser reavaliado depois disso.

Caso seja necessária oxigenoterapia num doente com STEMI, esta deverá ser feita com O2 a 2-4 L/min durante as primeiras 6-12h após um EAM, devendo o doente ser reavaliado depois disso.

126

V ou F

A nitroglicerina sublingual é um fármaco que pode ser administrado de forma segura à maioria dos doentes com STEMI

V

127

Para além de diminuir ou abolir por completo a dor cardíaca, a nitroglicerina pode ser capaz de ___________ (aumentar/diminuir) as necessidades miocárdicas de oxigénio (pela redução da ___-_________) e _____________ (aumento/diminuição) do fornecimento de oxigénio (pela dilatação de vasos coronários e colaterais)

Para além de diminuir ou abolir por completo a dor cardíaca, a nitroglicerina pode ser capaz de DIMINUIR as necessidades miocárdicas de oxigénio (pela redução da PRÉ-CARGA) e AUMENTO do fornecimento de oxigénio (pela dilatação de vasos coronários e colaterais)

128

Nos doentes que têm uma resposta inicial favorável à nitroglicerina sublingual, mas que retornam a ter desconforto torácico, nomeadamente por evidência de isquémia no ECG, deve ser considerada a administração de de nitroglicerina...

Endovenosa

129

V ou F

A morfina é pouco eficaz enquanto analgésico para o STEMI

F

A morfina é MUITO eficaz enquanto analgésico para o STEMI

130

Que doentes são particularmente susceptíveis ao efeito vagotónico da morfina?

Doentes com EAM inferior

131

A morfina é normalmente administrada através de injecções intravenosas repetidas, em vez de administrações subcutâneas de grandes quantidades, por que motivo?

A absorção pela via subcutânea é imprevisível

132

Quando é que os beta bloqueadores devem ser iniciados nos doentes com STEMI?

Devem ser iniciados nas primeiras 24h caso o doente não apresente:
- Sinais de IC
- Evidência de um estado de baixo débito
- Risco aumentado de Choque Cardiogénico
- Outras contra-indicações relativas ao bloqueio beta (PR > 0,24s, BAV 2º ou 3º grau e Asma ativa ou doença reativa das Vias Aéreas)

133

Os glucocorticoides e os AINEs podem _____________ (aumentar/diminuir) a resistência vascular periférica, podendo potencialmente ___________ (aumentar/reduzir) o fluxo ao miocárdio isquémico

Os glucocorticoides e os AINEs podem AUMENTAR a resistência vascular periférica, podendo potencialmente REDUZIR o fluxo ao miocárdio isquémico

134

A zona central do enfarte tem tecidos irremediavelmente ____________, mas a penumbra miocárdica pode ser ________

A zona central do enfarte tem tecidos irremediavelmente PERDIDOS, mas a penumbra miocárdica pode ser SALVA, com o restabelecimento atempado da perfusão coronária, redução das necessidades de O2, prevenção da acumulação de metabolitos tóxicos e impedimento do impacto dos mediadores da lesão reperfusional.

135

O que se pode fazer para ampliar a “janela” de tempo de salvação do miocárdio através de estratégias de reperfusão?

- Controlo da Dor
- Tratamento ICC
- Atenuação da Taquicardia e Hipertensão

136

V ou F

A ICP tem a vantagem de ser aplicável em doentes com contraindicação à fibrinólise

V

137

Qual é o principal objectivo da fibrinólise?

É a restauração rápida da patência total das artérias coronárias

138

Quais são os agentes fibrinolíticos que são administrados em bólus, não necessitando de um tempo prolongado de infusão intravenosa?

- Tenecteplase
- Reteplase

139

V ou F

O TIMI frame count e o TIMI myocardial perfusion grade têm uma correlação ainda mais estreita com os desfechos após STEMI, do que o grau de fluxo TIMI mais frequentemente usado

V

140

V ou F

Os fibrinolíticos específicos (tPa, rPA, TNK) e o estreptocinase são igualmente eficazes a restaurar a perfusão total, não havendo diferenças no que à sobrevida diz respeito

F

Os fibrinolíticos específicos (tPa, rPA, TNK) é MAIS eficaz que o estreptocinase a restaurar a perfusão total, tendo uma LIGEIRA vantagem no que à sobrevida diz respeito

141

Para além da terapêutica fibrinolítica, a reperfusão farmacológica envolve fármacos _______________________ e _____________________ adjuvantes

Para além da terapêutica fibrinolítica, a reperfusão farmacológica envolve fármacos ANTIPLAQUETÁRIOS e ANTITROMBÓTICOS adjuvantes

142

Devido ao risco de reacção alérgica, os doentes não devem receber nova dose de estreptoquinase se receberam nos últimos __ dias a __ anos

Devido ao risco de reacção alérgica, os doentes não devem receber nova dose de estreptoquinase se receberam nos últimos 5 dias a 2 anos

143

Qual é a complicação mais frequente e potencialmente mais grave da administração dos fibrinolíticos?

Hemorragia

144

O AVC hemorrágico é a complicação hemorrágica mais grave da administração da fibrinolíticos, ocorrendo em __-___% dos doentes com estes agentes

O AVC hemorrágico é a complicação hemorrágica mais grave da administração da fibrinolíticos, ocorrendo em 0,5-0,9% dos doentes com estes agentes

145

As reacções alérgicas à estreptoquinase ocorrem em ___% dos doentes que recebem o fármaco

As reacções alérgicas à estreptoquinase ocorrem em 2% dos doentes que recebem o fármaco

146

A taxa de AVC hemorrágico associado aos fibrinolíticos aumenta com a idade, com os doentes com mais de ___ anos a ter praticamente o _________ (dobro/triplo) da taxa de hemorragia intracraniana dos doentes com menos de 65 anos

A taxa de AVC hemorrágico associado aos fibrinolíticos aumenta com a idade, com os doentes com mais de 70 anos a ter praticamente o DOBRO da taxa de hemorragia intracraniana dos doentes com menos de 65 anos

147

Indicações para realização de cateterismo cardíaco e angiografia coronária após terapêutica fibrinolítica

1) Falência de reperfusão (dor torácica persistente e supra-ST >90 min) – ICP RESGATE

2) Re‐oclusão coronária (reaparecimento de supra-ST e/ou dor torácica recorrente) ou desenvolvimento de isquémia recorrente (prova de esforço positiva antes da alta e angina recidivante nos primeiros dias após ICP) – ICP URGENTE

148

Quais são os doentes para os quais deverá estar reservada o CABG?

Reservada a doentes com anatomia inadequada para ICP, mas em que a revascularização é recomendável por existir uma extensa área de miocárdio sob risco ou Isquémia recorrente

149

Qual a complicação mais séria do tratamento com fibrinolíticos?

- AVC hemorrágico.

Ocorre em 0,5%-0,9% dos doentes tratados com estes agentes.
Taxa aumenta com idade crescente (idade superior a 70 anos).

150

Factores que aumentem o trabalho cardíaco durante as horas iniciais do enfarte podem ______________ (aumentar/diminuir) o tamanho do enfarte

Factores que AUMENTEM o trabalho cardíaco durante as horas iniciais do enfarte podem AUMENTAR o tamanho do enfarte