294 - SCA sem Supra-ST (EAM S/ST e Angina Instável) Flashcards Preview

Cardio - 2017 > 294 - SCA sem Supra-ST (EAM S/ST e Angina Instável) > Flashcards

Flashcards in 294 - SCA sem Supra-ST (EAM S/ST e Angina Instável) Deck (56)
Loading flashcards...
1

As mulheres correspondem a mais de ___ (fração) dos SCA S/ST e ___ (fração) dos EAMST.

As mulheres correspondem a mais de 1/3 dos SCA S/ST e 1/4 dos EAMST.

2

A incidência do EAM S/ST está a diminuir comparativamente ao EAMST. V ou F?

Falso. A incidência do EAM S/ST está a aumentar comparativamente ao EAMST.

3

Qual a causa mais comum de SCA S/ST?

Trombo parcialmente oclusivo sob uma placa aterosclerótica ou sob o endotélio erodido

Para além desta causa podemos ter: obstrução dinâmica (angina de prinzmetal), obstrução mecânica severa (aterosclerose coronária progressiva) e aumento da necessidade de O2 na presença de obstrução coronária fixa.

4

Nos doentes com SCA S/ST __% tem doença de 3 vasos, __% de 2 vasos, __% de 1 vaso, __% do tronco comum e __% não tem estenoses nas artérias epicárdicas (poderão ter obstrução da microcirculação coronária e/ou espasmo.

Nos doentes com SCA S/ST 35% tem doença de 3 vasos, 20% de 2 vasos, 20% de 1 vaso, 10% do tronco comum e 15% não tem estenoses nas artérias epicárdicas (poderão ter obstrução da microcirculação coronária e/ou espasmo.

5

O diagnóstico de SCA S/ST baseia-se principalmente no ECG. V ou F?

Falso. Baseia-se na apresentação clinica.

6

No SCA S/ST o desconforto é grave e tem pelo menos 1 de 3 características:

Angin instável:
- ocorre em repouso ou com exercício mínimo durando mais de 10 minutos;
- tem inicio relativamente recente (menos de 2 semanas);
- tem padrão crescendo.

EAM S/ST:
- 3 pontos anteriores mais evidência de necrose do miocárdio (aumento marcadores cardíacos).

7

Os equivalentes anginosos (dispneia, desconforto epigástrico, nausea e fraqueza) são mais comuns em que grupos?

- Mulheres;
- Idosos;
- Diabéticos

8

Nos SCA S/ST o infra-desnivelamento ST ocorre em ___%, sendo as alterações da onda T _____ (comuns/incomuns).

Nos SCA S/ST o infra-desnivelamento ST ocorre em 20-25%, sendo as alterações da onda T comuns.

Apesar das alterações da onda T serem comuns, são menos especificas de isquémia a não ser que sejam inversões profundas de novo da onda T (iguais ou maiores que 0,3mV).

9

A CK-MB é menos sensível que a troponina. V ou F?

Verdadeiro.

10

Há uma relação direta entre o grau de elevação dos marcadores de necrose cardíaca e a mortalidade. V ou F?

Verdadeiro.

11

Em doentes com história pouco clara de SCA, pequenas elevações de troponina, especialmente se transitórias, podem não ser diagnósticas de SCA. V ou F?

Falso. Em doentes com história pouco clara de SCA, pequenas elevações de troponina, especialmente se PERSISTENTES, podem não ser diagnósticas de SCA.

Podem estar elevadas: miocardite, IC, TEP, falso positivo ou doentes ostensivamente normais.

12

Que 4 testes podem ser efetuados na avaliação diagnóstica de angina SCA S/ST?

- ECG
- Marcadores necrose miocárdica
- Teste de stress
- Angio-TC

13

A mortalidade precoce (30 dias) de um SCA S/ST é de __% a __%. O SCA é recorrente em __-__% no primeiro ano.

A mortalidade precoce (30 dias) de um SCA S/ST é de 1% a 10%. O SCA é recorrente em 5-15% no primeiro ano.

14

A troponina anormalmente elevada é importante, nomeadamente o seu valor máximo, uma vez que se correlaciona com a extensão do dano miocárdico. V ou F?

Verdadeiro.

Outros factores de risco de estratificação da doença:
- DM
- Disfunção VE
- Disfunção renal
- Aumento PCR
- Aumento BNP

15

Doentes com SCA sem aumento da troponina são considerados como tendo angina instável, tendo igual prognóstico aos que têm aumento da troponina (EAM S/ST). V ou F?

Falso. Doentes com SCA sem aumento da troponina são considerados como tendo angina instável, tendo MELHOR prognóstico que os que têm aumento da troponina (EAM S/ST).

16

O tratamento dos SCA S/ST baseiam-se em tratamento anti-isquémico e tratamento anti-trombótico, sendo considerada revascularização coronária. Em que consiste o tratamento anti-isquémico e anti-trombótico?

- Anti-isquémico: repouso no leito + nitrato + BB + O2 (outros: BBC e morfina)
- Anti-trombótico: Aspirina + clopidogrel + anti-coagulante

17

Quais as contra-indicações absolutas à utilização de nitratos?

- Hipotensão
- Sidenafil ou outros inibidores da PDE-5 nas últimas 24-48h
- Enfarte do VD.

18

No tratamento do SCA S/ST, o BB per os está normalmente recomendado. No entanto o BB IV pode ser iniciado em doentes com isquemia grave. Em que condição está contra-indicado o BB IV?

Insuficiência cardíaca.

19

No tratamento do SCA S/ST, em que situações são usados os BCC e quais?

- Contra-indicações aos BB ou nitratos
- Sintomas persistentes ou sinais de isquemia no ECG após tratamento com nitratos em dose completa e BB.

São usadas as não-dihidropiridinas (verapamil e diltiazem).

20

A terapêutica intensiva precoce com estatina antes de ICP, e continuada após ICP, reduz complicações do procedimento e a recorrência de SCA. V ou F?

Verdadeiro.

21

No tratamento do SCA S/ST quais as doses inicial e a longo prazo recomendadas de aspirina?

Inicial: 325 mg/dia
Longo prazo: 75-100 mg/dia

22

A resistência à aspirina verifica-se em __% a __% dos casos.

A resistência à aspirina verifica-se em 2% a 8% dos casos. Está frequentemente relacionada com a má adesão do doente.

23

Doentes com SCA S/ST independentemente da estratégia de tratamento devem receber um inibidor do P2Y12. V ou F?

Verdadeiro.

24

No tratamento do SCA S/ST, Clopidogrel + Aspirina diminuem em ___% o risco relativo de morte, EAM ou AVC, aumentando o risco absoluto de hemorragia major em ___%.

Clopidogrel + Aspirina diminuem em 20% o risco relativo de morte, EAM ou AVC, aumentando o risco absoluto de hemorragia major em 1%.

25

Há benificio continuado do tratatamento com Clopidogrel + Aspirina em que doentes?

- Doentes tratados conservadoramente
- Doentes submetidos a ICP.

26

No SCA S/ST, Clopidogrel + Aspirina devem ser feitos durante quanto tempo?

Pelo menos 1 ano, especialmente nos com stent revestido.

27

A baixa resposta ao clopidogrel está presente em ___ (fração) dos doentes.

1/3

28

Os bloqueadores do P2Y12 alternativos (prasugrel e ticagrelor) usados com a aspirina são considerados em que situações?

• Doentes com SCA-S/ST que têm um evento coronário estando a tomar clopidogrel + aspirina
• Baixa resposta ao clopidogrel

29

A tripla-agregação (Clopidogrel + Aspirina + Inibidor glicoproteina IIb/IIIA) está recomendada em que doentes?

1. Doentes com instáveis com dor torácica recorrente, troponina elevada e alterações no ECG.
2. Doentes com evidência de trombo coronário na angiografia quando fazem ICP.

30

A HBPM é superior à HNF na redução de eventos cardíacos recorrentes, apesar de aumentar o risco de hemorragia. V ou F?

Verdadeiro.