Avaliação inicial da gravidez Flashcards Preview

MC - Ginecologia e Obstetrícia > Avaliação inicial da gravidez > Flashcards

Flashcards in Avaliação inicial da gravidez Deck (119):
1

Para o diagnóstico de presunção da gravidez deve-se avaliar o(a) _____ (abdome/vagina/mama).

Mama.

2

Sinais de presunção? (3)

  1. Tubérculos de Montgomery;
  2. Sinal de Hunter;
  3. Rede de Haller.

3

Tubérculos de Montgomery

Hipertrofia das glândulas sebáceas na mama.

4

Sinal de Hunter

Aumento da pigmentação dos mamilos, que torna seus limites imprecisos (como se fosse um alvo).

"aréola secundária"

5

Rede de Haller

Circulação venosa mais evidente na mama.

6

V ou F?

Para o diagnóstico de presunção da gravidez deve-se avaliar os "sinais do ninho" (útero, vagina e vulva).

Falso

Para o diagnóstico de probabilidade da gravidez deve-se avaliar os "sinais do ninho" (útero, vagina e vulva).

7

Sinais de probabilidade? (5)

  1. Hegar;
  2. Piskacek;
  3. Nobile-Budin;
  4. Jacquemier;
  5. Kluge.

8

Sinal de Hegar

Amolecimento da região ístmica do colo uterino (sensação de que o colo e corpo estão separados).

Hegar = MoleH

9

Sinal de Piskacek

Assimetria uterina.

(no início da gestação há ↑crescimento no lado da nidação)

10

Sinal de Nobile-Budin

Abaulamento do útero gravídico ao toque do fundo de saco.

11

Sinal de Jacquemier (ou Chadwick)

Coloração violácea do meato urinário e da vulva.

12

Sinal de Kluge

Coloração violácea da mucosa vaginal.

13

Os sinais capazes de serem "sentidos ou ouvidos" são chamados de sinais de _________ (probabilidade/certeza) de gravidez.

Certeza.

14

Sinais de certeza? (3)

  1. Puzos;
  2. Movimentação fetal (pelo médico);
  3. BCF presente.

15

Sinal de Puzos

O que é? Como avaliar? Presente a partir de qual IG?

  1. Rechaço fetal intrauterino.
  2. Realizar elevação do útero pelo toque vaginal e avaliar presença de rebote.
  3. A partir da 14ª semana.

16

A movimentaçao fetal é percebida pelo médico a partir de qual idade gestacional?

18ª a 20ª semana.

17

O BCF pode ser auscultado com o Estetoscópio de Pinard a partir de qual idade gestacional? E com o Sonar Doppler?

Estetoscópio de Pinard: 20ª semana.

Sonar doppler: 10ª semana.

18

Diagnóstico de gravidez

Critério laboratorial?

β​-hCG na urina ou no sangue.

19

Diagnóstico de gravidez

Quando ocorre o pico sérico de hCG?

Entre 8 e 10 semanas. Depois ocorre estabilização.

20

A subunidade alfa do hCG é comum a quais hormônios?

  1. LH;
  2. FSH;
  3. TSH.

Por isso deve-se dosar a subunidade beta.

21

Qual valor de β-hCG que confirma gravidez? Dobra em quanto tempo?

  1. > 1.000 (confirma 95% dos casos);
  2. Dobra a cada 48h (salvo abortamento ou ectociese).

22

USGTV

A partir de qual IG pode-se visualizar:

  1. Saco gestacional?
  2. Vesícula vitelínica?
  3. Embrião?

 

Só Vejo Embrião 4, 5, 6

  1. SG: 4º semana.
  2. VV: 5º semana.
  3. Embrião: 6º semana.

23

USGTV

Quando detecta-se o BCF? (IG)

6 a 7 semanas.

24

V ou F?

Considera-se a presença de embrião no saco gestacional se ≥ 25 mm.

Verdadeiro.

25

USGTV

Parâmetro mais fidedigno para determinar a IG?

Comprimento cabeça-nádegas (CCN).

26

USGTV

Quando o comprimento cabeça-nádegas (CCN) pode ser aferido? (IG)

6 a 12 semanas.

27

USG morfológico

Quando realizar? (IG)

20 a 24 semanas.

28

O fundo uterino (FU) concorda com a IG entre ____ semanas.

 18-30.

29

Fundo Uterino (FU)

12 semanas → púbis

20 semanas → ...

Fundo Uterino (FU)

12 semanas → púbis

20 semanas → umbigo

30

Modificações maternas

Cite 2 alterações cutâneas.

Estrias gravídicas e cloasma.

31

Modificações maternas

Cite 3 alterações osteoarticulares.

  1. ↑Lordose lombar;
  2. Marcha anserina (alargamento da base);
  3. Alteração do centro de gravidade.

32

Modificações maternas

Cite 3 alterações urinárias.

  1. ↑TFG (50%) + ↓ureia/creatinina;
  2. Glicosúria fisiológica;
  3. Dilatação pielocalicial compressiva à direita.

33

Modificações maternas

Cite 2 alterações respiratórias.

  1. Hiperventilação: ↑expansão do tórax / ↑expiração (protege o feto da acidose);
  2. Alcalose respiratória compensada.

34

Modificações maternas

Cite 3 alterações hematológicas.

  1. Anemia fisiológica dilucional (↑50% volemia c/ ↑20-30% eritrócitos);
  2. Leucocitose sem ↑bastões;
  3. Tendência pró-coagulante (tríade de Virchow).

35

Modificações maternas

Cite 3 alterações metabólicas.

  1. Hipoglicemia de jejum;
  2. Hiperglicemia pós-prandial;
  3. ↑Lactogênio placentário (2ª metade gestacional).

36

Durante a gestação, quais os 2 eventos que, somados, culminam em hipoglicemia de jejum?

Captação placentária de glicose

+

Resistência periférica à insulina.

37

Qual o mecanismo da passagem de glicose pela placenta?

Difusão facilitada.

38

Modificações maternas

Cite 3 mecanismos causadores do edema.

  1. Hiperaldosteronismo secundário;
  2. ↓Pressão coloidosmótica;
  3. Compressão da veia cava inferior.

39

Modificações maternas

Cite 4 alterações cardiovasculares.

  1. Sopro sistólico (hipercinético);
  2. ↓↓RVP (placenta = fístula);
  3. ↑DC (compensação);
  4. ↓PA (2º trimestre).

40

Modificações maternas

Cite 4 alterações gastrointestinais.

  1. ↑Refluxo (relaxamento gastroesofágico);
  2. ↑Litíase (relaxamento da VB);
  3. ↓Peristalse (constipação);
  4. ↓Secreção ácida (↓úlcera).

41

V ou F?

O maior risco de litíase biliar durante a gestação ocorre pelo relaxamento da vesícula biliar induzido pelo estrogênio.

Falso

O maior risco de litíase biliar durante a gestação ocorre pelo relaxamento da vesícula biliar induzido pela progesterona.

42

O período gestacional mais trombogênico é o ____ (pré/intra/pós)-parto.

Pós-parto.

(lesão endotelial em sítio placentário)

 

43

Quais as duas cirurgias não-obstétricas mais comuns durante a gestação?

Apendicectomia (1º) e colecistectomia (2º).

44

Pré-natal

Quantas consultas são preconizadas pelo MS em cada trimestre?

1º trimestre: 1 consulta;

2º trimestre: 2 consultas;

3º trimestre: 3 consultas.

(mínimo de 6 consultas)

45

Pré-natal

Qual a periodicidade ideal de consultas?

  1. Mensais: até 28ª semana;
  2. Quinzenais: 28-36ª semana;
  3. Semanais: > 36ª semana.

46

Como é feita a suplementação de ferro profilático na gestação?

20ª semana até 3 meses pós-parto (40 a 60 mg/dia de Ferro elementar).

47

Como é feita a suplementação de ácido fólico profilático na gestação?

3 meses antes da gestação até o completar o 1º trimestre (0,4 mg/dia).

48

A suplementação com ácido fólico durante a gestação é importante pois previne...

defeitos abertos do tubo neural (DATN).

49

V ou F?

Se paciente tem filho anterior com defeito do tubo neural ou for usuária de anticonvulsivantes a dose de ácido fólico profilático deve ser 10x maior (4-5 mg).

Verdadeiro.

50

Como calcular a data provável do parto (DPP)?

Regra de Naegele.

51

Vacinas permitidas durante a gestação? (5)

  1. dT/dTPa;
  2. Hepatite B;
  3. Influenza sazonal;
  4. Raiva;
  5. Meningococo.

52

Vacinas contraindicadas durante a gestação? (5)

  1. Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola);
  2. Varicela;
  3. Sabin (VOP);
  4. BCG;
  5. Febre amarela (relativo).

53

Quando realizar dTPa na gestação?

A partir de 20 semanas de IG (2017). A indicação de 2014 era entre 27 e 36 semanas.

54

Pré-natal

Exames iniciais recomendados pelo MS? (10)

  1. Tipagem sanguínea;
  2. Rh;
  3. Hemograma;
  4. Glicemia jejum;
  5. VDRL (teste rápido);
  6. HIV (teste rápido);
  7. HBsAg;
  8. EAS;
  9. Urocultura;
  10. Toxoplasmose IgG/IgM.

55

Pré-natal

Exames que devem ser repetidos na 30ª semana? (6)

  1. Hemograma;
  2. Glicemia de jejum;
  3. EAS e Urocultura;
  4. VDRL;
  5. HIV;
  6. HBsAg.

 

 

56

Sorologia para toxoplasmose

IgG (-) e IgM (-)?

Conduta?

  1. Gestante não-imunizada.
  2. Repetir trimestralmente.

57

Sorologia para toxoplasmose

IgG (+) e IgM (-)?

Conduta?

  1. Gestante imunizada.
  2. Suspender rastreio.

58

Sorologia para toxoplasmose

IgG (-) e IgM (+)?

Infecção aguda.

59

Sorologia para toxoplasmose

IgG (+) e IgM (+)?

Conduta?

  1. Infecção aguda ou crônica.
  2. Solicitar teste de avidez.

60

Interprete o teste de avidez para toxoplasmose.

  1. Alta avidez (> 60%) → infecção ocorrida há mais de 4 meses;
  2. Baixa avidez (< 30%) → infecção ocorrida há menos de 4 meses.

61

Conduta, se toxoplasmose materna aguda confirmada?

Espiramicina (1 g de 8/8h) + rastrear feto* (amnio/cordocentese a partir de 16 semanas).

*dispensável se infecção materna com mais de 30 semanas (nesse caso, já devemos iniciar tratamento para o feto).

62

Conduta, se toxoplasmose fetal confirmada?

Sulfadiazina + Pirimetamina +  Ácido folínico.

(intercalar com espiramicina 3/3 semanas)

63

Streptococcus do grupo B (GBS) ou agalactiae

Como e quando rastrear a infecção?

  1. Swab vaginal e retal.
  2. 35-37 semanas.

64

Streptococcus do grupo B (GBS)

Quando o rastreio estará dispensado?

Bacteriúria positiva para GBS OU Filho anterior com GBS.

65

Streptococcus do grupo B (GBS)

Indicações de profilaxia intraparto? (4)

  1. Bacteriúria atual para GBS;
  2. Filho anterior teve GBS;
  3. Swab positivo entre 35-37 semanas;
  4. Sem rastreio + fator de risco.

66

Streptococcus do grupo B (GBS)

Fatores de risco?

  1. Trabalho de parto < 37 semanas;
  2. Taxilar intraparto > 38º C;
  3. RPMO > 18 horas.

67

Streptococcus do grupo B (GBS)

Condições que dispensam a profilaxia intraparto? (3)

  1. Cesariana eletiva;
  2. Swab negativo nas últimas 5 semanas;
  3. Sem rastreio e sem fator de risco.

68

Streptococcus do grupo B (GBS)

Droga usada na profilaxia intraparto? Como fazer?

  1. Penicilina cristalina.
  2. 5x106 IV (ataque) / 2,5x106 IV (manutenção) 4/4h.

69

Aconselhamento genético

Exames não-invasivos? (4)

  1. Biofísico (11-14 semanas);
  2. Teste duplo (11-13 sem);
  3. Teste triplo (>15 sem);
  4. Teste quádruplo (> 15 sem).

70

Aconselhamento genético

Exames invasivos? (3)

BAC

  1. Biópsia de vilo (10-13 sem);
  2. Amniocentese (14-16 sem);
  3. Cordocentese (após 18 sem).

71

Aconselhamento genético

Objetivo dos exames não-invasivos? E dos exames invasivos?

  1. Não-invasivos: rastreio.
  2. Invasivos: diagnóstico.

72

Aconselhamento genético

Indicação dos exames não-invasivos? E dos exames invasivos?

  1. Não-invasivos: sempre indicados.
  2. Invasivos: rasteio (+) ou presença de fatores de risco*.

*> 35 anos, anomalia congênita (feto/pais), perda de repetição, cosanguinidade.

73

Cromossomopatias

Fatores de risco? (4)

  1. Mãe > 35 anos;
  2. Anomalia congênita (feto/pais);
  3. Perda de repetição;
  4. Consanguinidade.

74

Aconselhamento genético

O que o exame biofísico avalia?

TOD

  1. Translucência nucal (normal <2,5mm);
  2. Osso nasal;
  3. Ducto venoso.

(11-14 semanas)

75

Aconselhamento genético

O que o teste duplo avalia?

hP

hCG + PAPP-A.

(11-13 semanas)

76

Aconselhamento genético

O que o teste triplo avalia?

hAE

hCG + AFP + Estriol.

(> 15 semanas)

77

Aconselhamento genético

O que o teste quádruplo avalia?

hAEi

hCG + AFP + Estriol + inibina.

(> 15 semanas)

78

Valor da translucência nucal ao USG que sugere síndrome de Down?

> 2,5 mm.

79

Perfil dos hormônios maternos que sugere síndrome de Down?

APEab

  1. AFP;
  2. PAPP-A;
  3. Estriol;
  4. ↑Inibina a;
  5. bhCG.

80

V ou F?

Avaliação do volume de líquido amniótico, identificação da estática fetal, rastreio de aneuploidias e estimativa do peso fetal são indicações para realização de USG no primeiro trimestre.

Falso

Das opções, apenas o rastreio de aneuploidias confere indicação de USG no primeiro trimestre.

81

V ou F?

A vacina DTPa deve ser aplicada a cada gestação a partir da 20ª semana, independente de vacinação prévia.

Falso

A vacina correta é a dTpa.

82

V ou F?

Oocistos, taquizoítos e bradizoítos são as 3 formas de vida do protozoário da toxoplasmose.

Verdadeiro.

83

V ou F?

O protozoário da toxoplasmose é parasita extracelular que acomete preferencialmente o SNC.

Falso

O parasita é intracelular obrigatório.

84

V ou F?

O protozoário da toxoplasmose se reproduz no intestino de felinos e os oocistos são eliminados nas fezes.

Verdadeiro.

85

V ou F?

A contaminação humana pela toxoplasmose pode ocorrer devido ingesta de carnes cruas ou frutas/legumes mal lavados.

Verdadeiro.

86

V ou F?

Durante a gestação há ↑ do volume sanguíneo e do DC, com ↓ da PA e da resistência vascular periférica.

Verdadeiro.

87

V ou F?

Durante a gestação há massa eritrocitária inalterada, ocorrendo hemodiluição pelo ↑ volume plasmático.

Falso

Há também aumento de massa eritrocitária, mas a hemodiluição ocorre porque o aumento do volume plasmático é maior.

88

V ou F?

Durante a gestação há diminuição da pressão sistólica em torno de 10 mmHg e da pressão diastólica em torno de 15 mmHg.

Verdadeiro.

89

V ou F?

O USG de 11 a 14 semanas faz o diagnóstico de anomalias cromossômicas.

Falso

O USG de 11 a 14 semanas faz o rastreio de anomalias cromossômicas.

90

V ou F?

Cisto do plexo coroide é um marcador de risco para aneuploidias.

Verdadeiro.

91

V ou F?

Os níveis de HCG começam a subir antes da nidação.

Falso

Os níveis sobem após a implantação.

92

V ou F?

A função primária do HCG é de favorecer a diferenciação do citotrofoblasto em sinciciotrofoblasto.

Falso

A função primária do HCG é de sustentação do corpo lúteo durante o início da gestação.

93

V ou F?

Pacientes epilépticas, diabéticas (insulino dependentes), e obesas têm de fazer dieta rica em folato e suplementação diária de ácido fólico 5 mg, com início ao menos 3 meses antes da concepção.

Verdadeiro.

(dose 10x maior que a usual)

94

V ou F?

Nas gestantes sem comorbidades, a suplementação de ácido fólico necessária é de 0,4 mg por dia.

Verdadeiro.

95

Defeitos de tubo neural? (3)

  1. Espinha bífida;
  2. Anencefalia;
  3. Encefalocele.

96

Fatores gestacionais associados ao ↑ risco de ITU? (3)

  1. Estase urinária causada pela ação miorrelaxante da progesterona;
  2. Compressão mecânica do útero sobre os ureteres;
  3. Imunidade celular diminuída.

97

Fatores associados à etiologia da hiperêmese gravídica? (4)

  1. Endocrinolígicos;
  2. Imunológicos;
  3. Psicossomáticos;
  4. Mecânicos.

98

V ou F?

O distúbio metabólico mais encontrado à hiperêmese gravídica é a alcalose metabólica hiperclorêmica.

Falso

É a alcalose metabólica hipoclorêmica.

99

V ou F?

Gestação é uma contraindicação à vacinação antirrábica.

Falso

Vacina antirrábica não têm contraindicação (gestação, lactação, outras doenças ou tratamentos) devido à letalidade próxima a 100% da doença.

100

V ou F?

As alterações auscultatórias que surgem durante a gestação normal são percebidas no final do primeiro trimestre.

Falso

Adaptações cardiovasculares se iniciam ao começo da gravidez.

101

V ou F?

A 3ª e 4ª bulhas são as alterações mais comuns presentes nas grávidas já no primeiro trimestre.

Falso

Extrassístoles e desdobramento de 1ª bulha são os achados mais comuns.

102

V ou F?

Aumento de área cardíaca no exame radiográfico é uma modificação fisiológica materna à gestação.

Verdadeiro.

103

V ou F?

A capacidade residual funcional está diminuída à gestação.

Verdadeiro.

104

Métodos invasivos em obstetrícia com função diagnóstica? (4)

  1. Amniocentese;
  2. Cordocentese;
  3. Biópsia de vilo corial;
  4. Fetoscopia.

105

Método invasivo em obstetrícia com função exclusivamente diagnóstica?

Biópsia de vilo corial.

(amniocentese, cordocentese e fetoscopia apresentam, também, funções terapêuticas)

106

V ou F?

Parâmetros avaliados ao USG de 1º trimestre são: transluscência nucal, doppler de artéria umbilical e cerebral média.

Falso

Parâmetros avaliados ao USG de 1º trimestre são: transluscência nucal, doppler de ducto venoso e osso nasal.

107

V ou F?

Pacientes com idade > 35 anos, altura < 1,45 m, com antecedente de macrossomia fetal, ou hipertensas crônicas (sob uso de anti-hipertensivos) não devem fazer pré-natal em UBS.

Falso

Apenas as pacientes hipertensas crônicas não devem fazer o pré-natal em UBS.

108

Hormônio produzido pelo sinciciotrofoblasto?

Lactogênio placentário.

109

V ou F?

Embora a biópsia de vilo corial tenha a vantagem de ser mais precoce e com resultado mais rápido que o da amniocentese, apresenta maior risco de mosaicismo.

Verdadeiro.

110

V ou F?

Gestantes devem ser orientadas a reduzir o consumo de álcool durante o pré-natal a níveis < 10 g por semana.

Falso

O consumo de álcool é terminantemene proibido em quaisquer quantidades durante a gestação.

111

V ou F?

Óbito neonatal prévio por sepse por Staphylococcus é indicação de antibioticoprofilaxia para Streptococcus B.

Falso

Óbito neonatal prévio por sepse por Staphylococcus não é indicação de antibioticoprofilaxia para Streptococcus B.

112

V ou F?

Níveis plaquetário médios da gestação estarão reduzidos em relação ao estado não gravídico.

Verdadeiro.

(5 a 7% pode haver trombocitopenia gestacional)

113

V ou F?

Há aumento dos níveis de iodo sérico devido à diminuição da TFG durante a gestação.

Falso

Há diminuição do iodo em decorrência ao aumento da TFG durante a gestação.

(aumentar ingesta de iodo diário para 200 mcg, ao invés de 150 mcg)

114

Alteração à amniocentese frente a rastreio fetal para toxoplasmose?

PCR-DNA no líquido amniótico.

115

V ou F?

Estão associados à hiperêmese gravídica a presença de escorbuto, polineurite, prenhez molar e síndrome HELLP.

Verdadeiro.

116

Ganho de peso ponderal de gestantes com baixo peso?

12,5 a 18 kg (durante a gestação).

117

Ganho de peso ponderal de gestantes com peso adequado?

11,5 a 16 kg (durante a gestação).

118

Ganho de peso ponderal de gestantes com sobrepeso?

7 a 11,5 kg (durante a gestação).

119

Ganho de peso ponderal de gestantes obesas?

5 a 9 kg (durante gestação).