Úlceras genitais e violência sexual Flashcards Preview

MC - Ginecologia e Obstetrícia > Úlceras genitais e violência sexual > Flashcards

Flashcards in Úlceras genitais e violência sexual Deck (80):
1

Úlceras genitais

Perguntas que devemos fazer? (3)

  1. Múltiplas?
  2. Dolorosas?
  3. Fistulização dos linfonodos?

2

Úlceras genitais

Tipos? (5)

  1. Herpes;
  2. Cancro mole;
  3. Linfogranuloma;
  4. Sífilis;
  5. Donovanose.

3

Úlceras genitais

Tipos mais comuns?

Herpes e sífilis.

4

Úlceras genitais

Superficiais?

Linfogranuloma e herpes.

5

Úlceras genitais

Únicas?

Sífilis e linfogranuloma.

6

Úlceras genitais

Múltiplas? (3)

  1. Herpes;
  2. Cancro mole;
  3. Donovanose (única ou múltipla).

7

Úlceras genitais

Dolorosas?

Herpes (fundo limpo) e cancro mole (fundo sujo).

8

Úlceras genitais

Indolores? (3)

Lesões Sem Dor

  1. Linfogranuloma;
  2. Sífilis;
  3. Donovanose.

9

Úlceras genitais

Quais fistulizam para linfonodos?

Linfogranuloma (múltiplas fístulas) e cancro mole (fístula única).

10

Úlceras genitais

Quais não fistulizam para linfonodos? (3)

  1. Herpes;
  2. Sífilis;
  3. Donovanose.

11

Herpes

Agente etiológico?

Herpes simplex vírus (HSV).

(lesões orais = HSV 1 / lesões genitais = HSV 2; mas pode ocorrer o oposto em ambos)

12

Herpes

Incubação?

4 dias.

13

Herpes genital

Caracterize-a. (3)

  1. Úlceras dolorosas e limpas;
  2. Vesículas agrupadas sobre base eritematosa;
  3. Adenopatia bilateral dolorosa não fistulizante.

14

Herpes genital

Exames diagnósticos? (4)

  1. Citologia (TZANK → multinucleação e balonização);
  2. Papanicolau (inclusões virais);
  3. Sorologia: ↑títulos em 4 semanas;
  4. Imunofluorescência direta (anticorpos monoclonais).

15

Herpes genital

Tratamento da primoinfecção?

Aciclovir 400 mg, VO, 8/8h, por 7 dias

+

Sintomáticos (analgésicos / limpeza local).

16

Herpes recidivante/recorrente

10 episódios/ano.

17

Herpes genital

Tratamento da recidiva/recorrência?

Aciclovir 400 mg, VO, 8/8h, por 5 dias

+

Sintomáticos (analgésicos/limpeza local).

18

Herpes genital

Tratamento definitivo?

Não existe cura, tratamento apenas supressor.

19

V ou F?

Lesão herpética genital ativa no trabalho de parto configura indicação absoluta para cesariana.

Verdadeiro.

20

Cancro mole

Agente etiológico?

Haemophilus ducreyi.

(MOle = MOphilus)

21

V ou F?

Haemophilus ducreyi é um cocobacilo gram positivo.

Falso

Haemophilus ducreyi é um cocobacilo gram negativo.

22

Cancro mole

Transmissão?

Exclusivamente sexual.

23

Cancro mole

Incubação?

3 a 7 dias.

24

Cancro mole

Caracterize as lesões. (4)

"O é Mole"

  1. Fundo sujo ("su");
  2. Múltiplas;
  3. Dolorosas;
  4. Adenopatia inguinal dolorosa fistulizante por orifício único.

25

Cancro mole

Achado à bacterioscopia?

"Paliçada" ou em "cardume de peixe".

26

Cancro mole

Tratamento?

CAncro

  1. Azitromicina 1g, VO, DU (dose única);
  2. Ceftriaxona 500 mg, IM, DU.

(tratar o parceiro)

27

No cancro mole, qual deve ser a conduta, se gânglios linfáticos regionais acometidos? O que é contraindicado de ser feito?

  1. Aspiração por agulha.
  2. Incisão com drenagem ou incisão dos linfonodos acometidos.

28

Sífilis (lues/cancro duro/protossifiloma)

Agente etiológico?

Treponema Pallidum.

29

V ou F?

Treponema pallidum é uma espiroqueta anaeróbia.

Verdadeiro.

30

Sífilis

Incubação?

21 dias.

31

Sífilis

Classificação até um ano após a infecção? (3)

  1. Primária;
  2. Secundária;
  3. Latente recente.

32

Sífilis

Tratamento da forma primária ou secundária?

Penicilina G benzatina 2,4 milhões UI, IM, DU.

(1,2 mi em cada glúteo / alternativas: doxiciclina - exceto na gestante - e ceftriaxona / lembrar de avaliar o parceiro)

33

Sífilis

Classificação com mais de um ano de evolução? (3)

  1. Terciária;
  2. Latente de duração incerta;
  3. Latente tardia.

34

Sífilis

Tratamento da forma terciária?

Terciária = 3x a dose da primária: Penicilina G benzatina 2,4 milhões UI, IM, a cada semana, por 3 semanas.

(alternativas: doxiciclina - exceto gestante - e ceftriaxona)

35

Sífilis

Sorologias não-treponêmicas? (3)

  1. VDRL;
  2. RPR;
  3. TRUST;

(positivam 3-6 semanas após infecção!)

36

Sífilis

Exame de rastreio e de seguimento?

VDRL.

37

V ou F?

O seguimento para sífilis com o VDRL deve ser feito mensalmente.

Falso

O seguimento para sífilis com o VDRL deve ser feito trimestralmente.

38

Sífilis

Caracterize a forma primária. (4)

Cancro duro:

  1. Úlcera única;
  2. Indolor;
  3. Bordas limpas;
  4. Desaparece sozinha.

39

Sífilis

Caracterize a forma secundária.

Condiloma plano: forma cutaneomucosa não-ulcerada.

(4-8 semanas após o cancro duro desaparecer)

40

Sífilis

Caracterize a forma terciária. (4)

3-20 anos após infecção:

  1. Gomas;
  2. Aneurisma de aorta;
  3. Artropatia de Charcot;
  4. Tabes dorsalis (neuro).

41

Sífilis

Sorologias treponêmicas? (4)

  1. FTA-Abs (teste rápido);
  2. TPHA;
  3. EQL;
  4. ELISA.

42

V ou F?

O FTA-Abs é o teste treponêmico mais confiável.

 

Verdadeiro.

43

V ou F?

O exame padrão-ouro pelo MS para diagnóstico de sífilis primária é o FTA-Abs.

Falso

O exame padrão-ouro pelo MS para diagnóstico de sífilis primária é a pesquisa em campo escuro.

44

Sífilis

Indicaçao de tratamento, se gestante?

1 teste reagente e o tratamento já é iniciado.

(realiza-se junto ao tratamento, nova sorologia confirmatória que seja diferente do teste que acusou positivo - treponêmico ou não).

45

Sífilis

VDRL (-) / FTA-Abs (-)?

Não é sífilis ou está em "janela imunológica".

46

Sífilis

VDRL (-) / FTA-Abs (+)?

Sífilis precoce ou previamente curada.

47

Sífilis

VDRL (+) / FTA-Abs (-)?

Falso-positivo.

48

Sífilis

VDRL (+) / FTA-Abs (+)?

Sífilis não tratada ou tratada recentemente.

49

Na sífilis, se VDRL (+), pede-se teste rápido (TR). Quais as condutas de acordo com o resultado do TR?

Teste rápido (+): tratar.

Teste rápido (-): falso-positivo.

50

O que fazer em caso de gestantes com sífilis que apresentam alergia à penicilina?

Dessensibilizar!

(se não for possível: estearato de eritromicina ou ceftriaxona, e considerar não adequadamente tratada)

51

Sífilis

Tratamento inadequado à gestação? (3)

  1. Incompleto;
  2. Realizado com outra droga;
  3. Realizado com < 30 dias do parto.

52

Sífilis

Controle de cura? (3)

VDRL!

  1. Queda de 2 diluições em 3 meses;
  2. Queda de 3 diluições em 6 meses;
  3. Negativação após 6-9 meses do tratamento.

53

Reação de Jarisch-Herxheimer

Reação após 2-4h da penicilina!

(conjunto de sintomas que surgem de forma aguda durante o tratamento da febre recorrente com um antibiótico. Nesses casos, ocorre eliminação de espiroquetas da circulação sanguínea e aumento de citocinas)

54

Reação de Jarisch-Herxheimer

Clínica? (6)

  1. Febre;
  2. Adinamia;
  3. Mialgia;
  4. Artralgia;
  5. ↓PA;
  6. Exacerbação de lesões cutâneas.

55

Reação de Jarisch-Herxheimer

Conduta? (3)

  1. Sintomáticos;
  2. Regride 12-48h;
  3. Não interromper o tratamento!

56

Sífilis

Indicação de punção liquórica, se HIV (+)? (5)

Pelo menos 1:

  1. Sintomas neuro/oftálmológicos;
  2. Sinais de sífilis terciária ativa (ex: gomas);
  3. Latente tardia;
  4. Linfócito TCD4+ < 350;
  5. VDRL ≥ 1:16 ou RPR ≥ 1:32.

57

Linfogranuloma venéreo

Agente etiológico?

Chlamydia Trachomatis.

(sorotipos L1, L2, L3 - cepas "L" de Linfogranuloma)

58

V ou F?

Chlamydia Trachomatis é uma bactéria gram negativa.

 

Verdadeiro.

59

Linfogranuloma venéreo

Incubação?

3-21 dias.

60

Linfogranuloma venéreo

Sinônimos?

Doença de Nicolas-Favre ou Mula.

61

Linfogranuloma venéreo

Caracterize a úlcera. (3)

  1. Única;
  2. Indolor;
  3. Adenopatia dolorosa que fistuliza em bico de regador.

62

Linfogranuloma venéreo

Diagnóstico? (4)

  1. Gram: inclusões celulares;
  2. Teste de Frei;
  3. Imunofluorescência: IgG > 1:64 ou IgM > 6;
  4. Cultura: células McCoy ou HeLa.

63

Linfogranuloma venéreo

Tratamento?

Doxiciclina 100 mg, VO, 12/12h, por 14-21d.

(alternativa pra tratar clamíDiA: Azitromicina 1g, VO, 1x/semana, por 3 semanas)

 

64

Linfogranuloma venéreo

Fases clínicas? (3)

  1. Erosão da pele;
  2. Adenite;
  3. Fibrose/destruição (proctite, retite, elefantíase).

65

Linfogranuloma venéreo

Conduta, se bubões?

Aspiração com agulha calibrosa.

(incisão cirúrgica é proibido)

66

Donovanose

Agente etiológico?

Calymmatobacterium granulomatis (Klebsiella).

67

V ou F?

Calymmatobacterium granulomatis (Klebsiella) é um bacilo gram positivo.

Falso

Calymmatobacterium granulomatis (Klebsiella) é um bacilo gram negativo.

68

Donovanose

Incubação?

50 dias.

69

Donovanose

Sinônimos?

Granuloma:

  1. Inguinal;
  2. Venéreo;
  3. Tropical;
  4. Contagioso;
  5. Esclerosante.

70

Donovanose

Caracterize a lesão. (6)

  1. Lesão úlcero-vegetante friável;
  2. Bordas hipertróficas/planas;
  3. Profunda;
  4. Indolor;
  5. Crônica;
  6. Autoinoculável (em espelho).

71

Donovanose

Diagnóstico?

Esfregaço → corpúsculos de Donovan.

72

Donovanose

Tratamento?

DOnovanose → DOxiciclina

Doxiciclina 100 mg, VO, 12/12, por 21 dias (ou até o desaparecimento da lesão).

73

Donovanose

Tratamento em gestantes?

Eritromicina ou azitromicina. 

(não usar em gestantes e lactantes: ciprofloxacina e doxiciclina)

74

Violência sexual

Procedimentos iniciais? (5)

  1. Notificação compulsória imediata SINAN;
  2. Não exigir BO;
  3. Solicitar exames;
  4. Profilaxia DST's;
  5. Contracepção.

75

Violência sexual

Exames a solicitar? (6)

  1. Conteúdo vaginal (gonococo, clamídia e HPV);
  2. VDRL;
  3. Anti-HIV;
  4. Hepatite B e C;
  5. Transaminases;
  6. Hemograma.

76

Violência sexual

Contracepção de emergência?

Levonorgestrel 1,5 mg VO dose única.

(ideal = até 72h, máximo 5 dias)

77

Violência sexual

Interrupção da gravidez por estupro? (3)

  1. IG < 20 semanas;
  2. Consentimento por escrito obrigatório;
  3. Médico pode se negar a fazer, porém deve garantir realização do procedimento por outro profissional!

78

Violência sexual

Profilaxia pra HIV? (3)

Lamivudina + Tenofovir + Dolutegravir.

 

79

Violência sexual

Profilaxia pra hepatite B?

Vacina (0-1-6 meses)

+

Imunoglobulina (0,06 ml/kg) - ideal: 48h / máx: 14 dias.

80

Violência sexual

Profilaxia pra IST's não virais? (4)

ABC +/- M

  1. Azitromicina 1g, VO, DU: clamídia/haemophilus;
  2. Benzatina 2,4 milhões UI, IM: sífilis;
  3. Ceftriaxona 500mg, IM, DU: gonococo;
  4. Metronidazol 2g, VO, DU: tricomoníase.

(o metronidazol pode interferir com o antirretroviral)